Não foi o primeiro a fazê-lo, mas esta homenagem ao vencedor português do Festival foi mais emocionante: decorreu em Portugal, um dia depois do “até já” de Salvador Sobral, que se prepara agora para tratar das suas debilidades cardíacas.

Nathan Trent era um dos favoritos na bolsa de apostas para a grande final da Eurovisão, a 13 de maio último, mas acabou por ficar em 20º lugar. Este sábado em Portugal subiu uns degraus na escala de simpatia do público português, ao homenagear o seu colega Salvador Sobral, que sexta-feira fez o seu último concerto antes da pausa na sua carreira.

 

A atuação do cantor austríaco aconteceu no Eurovision Live Concert, um evento organizado pelos numerosos fãs portugueses do certame europeu, e que se realiza anualmente. Sábado à noite, no auditório José Afonso, em Setúbal, os convidados foram Nahan Trent, Anja (que representou a Dinamarca) e Timebelle (Suíça).

O momento alto foi quando Nathan Trent iniciou a interpretação, num português quase incorrigível, da música que venceu o Festival. Bastaram os primeiros acordes para que o público se manifestasse ruidosamente, ajudando o cantor austríaco a cantar.

Recorde-se que Salvador Sobral anunciou na semana passada uma pausa na sua carreira, para “entregar o corpo à ciência”. Sem nunca fazer referência ao transplante cardíaco que aguardava, o músico deverá agora sujeitar-se em breve a esse processo cirúrgico. O tempo de recuperação é imprevisível, mas, sem complicações, Salvador poderá retomar a sua vida normal.

TEXTO: Nuno Azinheira