Gordon Ramsay fez-se passar por um aluno numa aula de cozinha e surpreendeu uma ex-colega de trabalho, no primeiro episódio da sua nova série televisiva, “The F Word”, da FOX.

O chef mais famoso e controverso da televisão “engordou” uns quilos, pôs próteses faciais, uma peruca e um bigode falso e infiltrou-se numa aula ministrada por Maria Tampakis, a ex-chefe executiva do Gordon Ramsay Group, em Londres. A cozinha, no Instituto de Educação Gastronómica de Nova Iorque, estava cheia de câmaras e microfones ocultos prontos para gravar a cena.

Uma vez na aula, Gordon apresenta-se como James, um professor aposentado que “quer aprender a cozinhar”. Na primeira tarefa, a turma descobre como estender massa e Ramsay – ou melhor, James -, estende “massa suficiente para cobrir a Itália”, enquanto apresenta um comportamento incómodo e irritante, tirando constantemente fotografias e parecendo não ouvir nada do que Maria diz, ao mesmo tempo que demonstra ter habilidades fora do comum na cozinha.

Ficamos também a saber o que Maria verdadeiramente pensa sobre Ramsay, depois de uma aluna se referir à estrela de TV como “cruel”: a chef age em defesa de Gordon e explica que ele é apenas muito exigente.

TEXTO: Mafalda Carraxis