É o chamado amor maternal. Não conhece limites, nem fronteiras. E pelos vistos, também não conhece espécies. Esta gata é uma mãe dos pés à cabeça.

Estes oito porcos-espinhos bebés perderam a mãe num acidente com um trator numa quinta. Na hora de se alimentarem, quem lhes valeu foi uma gata. Perante a voracidade dos bebés, a gata mostrou-se pachorrenta no processo de amamentação.

Não sabemos se a inusitada família continuou junta por muito tempo, mas este vídeo é a prova de que uma mãe… é sempre uma mãe.

TEXTO: Ana Margarida Leite