Empresa de Sara Carbonero já faturou 1,2 milhões de euros

TEXTO: Alexandre Oliveira Vaz

A mulher do guarda-redes do F.C. Porto lançou-se no mundo empresarial com sucesso. Em conjunto com mais duas sócias, Carbonero já faturou mais de um milhão de euros e os lucros não vão ficar por aqui.

Desde o verão de 2015 que Sara Carbonero se viu obrigada a suspender a sua vida profissional enquanto jornalista na área do desporto para acompanhar o marido, Iker Casillas, que assinou pelo Futebol Clube do Porto. Na altura, Carbonero solicitou uma licença sem vencimento ao canal espanhol Telecinco para acompanhar o guarda-redes nas mudanças da família para a cidade portuguesa.

Além de cuidar da família, nomeadamente dos filhos Martín, 3 anos, e Lucas, de 8 meses, a comunicadora ainda encontrou tempo para criar uma empresa, em conjunto com mais duas sócias: Isabel Jiménez e a estilista Mayra del Pilar, a qual apelidaram de “Slow Love”. O negócio centra-se na venda de artigos de beleza, moda e decoração através da internet.

Segundo o jornal espanhol “Cinco Dias”, o novo projeto de Sara Carbonero vai de vendo em popa. Os 40 mil euros investidos pelas empresárias foram amplamente recuperados em 18 meses, uma vez que a empresa já faturou 1,2 milhões de euros e prevê atingir os 2 milhões até o final deste ano.

Isabel Jiménez admitiu à mesma publicação que um dos fatores para a aceitação da marca junto do público foi a imagem e a popularidade de Carbonero. “A sua imagem é muito potente”, reconheceu. “Todos os produtos que são vendidos no site são fabricados entre Espanha e Portugal […]. Apostamos por pequenas empresas familiares e artesanais”, explicou a mulher do futebolista que é responsável pela comunicação da marca.

De acordo com o mesmo jornal, o sucesso do projeto chamou a atenção de um grupo de investidores, com vista a profissionalizar a empresa e para potenciar o seu crescimento, mas a hipótese ainda estará a ser discutida entre as três empreendedoras.