“A ausência pesa toneladas, mas os Xutos vão continuar”. Banda segue em frente sem Zé Pedro

Menos de dois meses depois da morte de Zé Pedro, os Xutos e Pontapés anunciaram este sábado que a banda vai continuar, mesmo sem o guitarrista. “Sabemos que vai ser diferente”, admitem.

“Hoje é um bom dia para olharmos para a frente. Os Xutos vão continuar. Temos entre mãos as músicas novas, muitas delas com a guitarra do Zé já gravada, estamos a contar com o disco de originais neste ano”, revelaram, através do Facebook oficial do grupo, ao início da tarde deste sábado.

“Temos alguns convites para atuações especiais de homenagem ao Zé Pedro. Temos vários pedidos para concertos que vamos aceitar. Não é fácil; a ausência pesa toneladas. Sabemos que vai ser diferente, esperamos que seja bom. Com a ajuda de todos a gente não vai parar”, garantiram.

OláHoje é um bom dia para olharmos para a frente.Os Xutos vão continuar.Temos entre mãos as músicas novas, muitas…

Publicado por xutos em Sábado, 13 de Janeiro de 2018

Tim já tinha aliás demonstrado a vontade de continuar mesmo depois da morte de Zé Pedro. Aliás, no próprio dia em que decorreram as cerimónias fúnebres de Zé Pedro, a 2 de dezembro, e depois de ajudar a transportar o caixão, com os restantes companheiros da banda, o vocalista dos Xutos rumou ao Algarve para um concerto de comemoração dos 25 anos dos Resistência, banda de que também faz parte.

Num momento particularmente emotivo, em que a banda tocou o tema “Não sou o Único”, música dos Xutos que também integra o portefólio dos Resistência, Tim uniu o público e honrou a memória de Zé Pedro. No final, em uníssono, os espectadores entoaram o nome do guitarrista falecido. Recorde esse momento.

A carregar vídeo...

TEXTO: Mafalda Carraxis