“A Pipoca Mais Doce” ameaça abandonar “Big Brother” e discute com apresentadores

Fotografia: Instagram "A Pipoca Mais Doce"

Polémica na última Gala do “Big Brother”: durante a semana alguns concorrentes acusaram o comentador Pedro Crispim de ser “menos homem” e “A Pipoca Mais Doce” ameaçou abandonar o programa se não houvesse sanções. Joana Diniz acabou por pedir desculpas.

A continuidade da comentadora “A Pipoca Mais Doce” na noite deste domingo no “Big Brother” esteve “por um fio” depois de alguns concorrentes do “Big Brother – Duplo Impacto”, onde se incluía Joana Diniz, terem referido que o comentador Pedro Crispim era “menos homem”.

Ana Garcia Martins, a conhecida “blogger”, trouxe o assunto para cima da mesa na Gala e ameaçou sair se os participantes não fossem sancionados.

“Se não acontecer nada ao longo da semana, é a última gala onde estou porque acho inadmissível em pleno século XXI alguém ser julgado por ser homossexual. Caso contrário, que se abra o alçapão para mim”.

Joana Diniz acabou por pedir desculpa em direto mas, para a “Pipoca”, não foi suficiente. “Só para encerrar o assunto ‘Joanagate’, este foi o pedido de desculpa mais pobrezinho da história dos pedidos de desculpa. Ela encerra em si todo um conjunto de preconceitos”.

Foi então que Cláudio Ramos defendeu a concorrente. “Não concordo, tem 21 anos e não é preconceituosa. É uma maneira de falar”, disse o apresentador, apoiado por Teresa Guilherme: “Ela não estava a ser ofensiva!”.

A posição dos rostos do “reality show” tirou ainda mais Ana Garcia Martins do sério. “Também isso tem de ser mudado, não podes pedir desculpa a um Pedro Crispim e a todos os Pedros Crispins. Tudo isso encerra preconceitos que têm de ser mudados. Não te podes dirigir assim às pessoas e a própria Joana confessou que o comentário foi malicioso. São pequenas coisas que alimentam e perpetuam preconceitos. Não podemos branquear pela idade ou como forma de expressão. Se não tivesse trazido este assunto para aqui não se tinha falado”, concluiu “A Pipoca Mais Doce”, que descansou os apresentadores: “Estou cá para a semana…”