A primeira reação de Rita Ferro Rodrigues: “Neste horário, é preciso tempo, humildade e dedicação”

Vinte e três de fevereiro de 2018. Será neste dia que vai para o ar a última emissão de “Juntos à Tarde”, conduzido por Rita Ferro Rodrigues e João Baião. Sobre as razões que motivaram o fim do programa, a apresentadora não tece comentários. Prefere, antes, endereçar um “profundo e comovido agradecimento” ao público.

“Devo uma palavra a todas as pessoas que acompanham o meu trabalho e, em particular, aos espectadores da SIC e do programa ‘Juntos à Tarde'”, começou por escrever Rita Ferro Rodrigues, revelando, contudo, que não falará “publicamente” “sobre as razões que determinam o final do programa”.

“Em 15 anos de trabalho na SIC, nunca comentei publicamente a estratégia da minha estação, defendi-a sempre com lealdade e espírito de sacrifício e não é agora que vou quebrar esses princípios”, justifica.

Rita Ferro Rodrigues referiu o facto de o programa, “passados sete meses” da sua estreia, começar “finalmente a mostrar resultados”. E evoca as razões para tal:

“Neste horário, é preciso tempo, humildade,
muita dedicação e empenho para se reconquistar
a confiança dos espectadores.”

Rita Ferro Rodrigues

As fracas audiências, recorde-se, estarão na origem da decisão da direção de programas da SIC, encabeçada por Gabriela Sobral e Luís Proença, a quem a apresentadora deixa um “agradecimento muito especial” pela confiança.

Desde o início do programa, a 1 de março, “Juntos à Tarde” registou uma audiência média de 203 mil espectadores (apenas 10,5% de quota de mercado), pouco mais do que os 161 mil (10,1% de quota) de “Agora Nós”, com Tânia Ribas de Oliveira e José Pedro Vasconcelos na RTP1. À mesma hora, “A Tarde É Sua”, com Fátima Lopes na TVI, regista 355 mil espectadores (17,4% de “share”).

“Sinto que estávamos agora a começar a nossa aventura e por isso não posso deixar de agradecer a todos aqueles e aquelas que nos acompanharam em suas casas, com carinho e entusiasmo, acreditando na nossa capacidade e na diferença de conteúdos propostos”, acrescenta a anfitriã do programa.

É ao público, de resto, que Rita Ferro Rodrigues dedica grande parte do texto por si assinado, esta terça-feira, nas redes sociais. “O meu mais profundo e comovido agradecimento. É convosco no coração que trabalho e trabalharei sempre.”

“Podem contar com o meu sorriso, alegria,
total empenho e tranquilidade
até ao último programa.”

Rita Ferro Rodrigues

A apresentadora, de 41 anos, realça ainda o “agradecimento e profundo respeito” à equipa com que trabalhou e trabalhará durante os próximos três meses. E nem ao parceiro, claro, podiam faltar umas palavras: “Ao meu querido João Baião, um abraço apenas. A nossa dupla na vida tem 20 anos e mais 20 se seguirão, sempre em luz e cumplicidade.”

O apresentador “sublinha e reforça todas as [suas] palavras”. “Minha Rita, para quê escrever mais se está tudo dito e bem dito?”, comentou João Baião na página de Facebook da amiga.

TEXTO: Dúlio Silva