“Acontece num piscar de olhos”. Bode Miller fala sobre morte por afogamento da filha de 19 meses

Bode Miller, o mais medalhado esquiador norte-americano, e a mulher abriram o coração e falaram sobre a morte por afogamento da filha de 19 meses. O objetivo é consciencializarem pais acerca desta questão.

“Posso atestar agora, por experiência própria, que é inacreditavelmente rápido e inacreditavelmente traiçoeiro. (…) Acontece num piscar de olhos”, reconhece Bode Miller, que abordou publicamente a tragédia que abalou a sua família numa entrevista que vai ser exibida, na segunda-feira, no programa “Today” (NBC).

Emeline afogou-se numa piscina no passado dia 9 de junho. Efetuadas as manobras de reanimação no local, a criança deu entrada num hospital em estado grave. Acabou por morreu no dia seguinte.

“Isto é literalmente assim: uma criança com menos de 15 quilos pode afogar-se em 30 segundos. Continuo a contar até 30 na minha cabeça. Era tudo o que precisava”, afirmou a mãe da bebé, a jogadora de voleibol de praia Morgan Beck Miller, visivelmente emocionada.

O casal, que contraiu matrimónio em 2012, tem outro filho, Nash Skan, de três anos. O ex-esquiador olímpicoé ainda pai de Samuel, de cinco, e Neesyn, de dez, nascidos de relacionamentos anteriores.

Atualmente, Bode e Morgan esperam o terceiro fruto desta relação.

TEXTO: Dúlio Silva

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.