Alec Baldwin assume erros do passado: “Tratei as mulheres de forma sexista”

Durante um evento em que foi homenageado esta quinta-feira, o ator norte-americano comentou a questão dos escândalos de assédio sexual que se abateu sobre Hollywood e admitiu ter sido incorreto com mulheres no passado.

A revelação foi feita num evento organizado pelo The Paley Center for Media, que homenageou a carreira do ator de 59 anos e o apoio concedido pelo próprio a iniciativas na área da educação.

“Tratei as mulheres de uma forma sexista. Eu intimidei mulheres. Eu negligenciei mulheres. Eu subestimei mulheres. Não como uma regra. De vez em quando, fiz o que muitos homens fazem, que é…não tratar as mulheres da mesma forma que se tratas os homens. Não o fazes. Sou de uma geração que não o faz e gostaria que isso mudasse, gostava mesmo”, afirmou o ator.

Alec Baldwin considera que o tema do assédio sexual e os novos casos que têm surgido quase todos os dias no mundo do cinema estão a “prejudicar a indústria e a torná-la menos produtiva”.

O intérprete que tem feito sucesso ao imitar Donald Trump no programa “Saturday Night Live”, da NBC, admite que “sabia certas coisas e que havia rumores de que aconteciam coisas às pessoas” mas nega ter tido conhecimento da real gravidade da situação e do elevado número de casos de assédio e abuso sexual.

de Carmen, de quatro anos, Rafael, de dois, e Leonardo, de um, frutos da sua relação atual. Tem com Basinger uma filha mais velha, a modelo Ireland Baldwin, de 21 anos.