Autora de “Comer, Orar, Amar” está de luto. Mulher perdeu luta contra o cancro

Morreu Rayya Elias, com quem a escritora Elizabeth Gilbert era casada há menos de um ano. A notícia foi dada pela autora do “best seller” “Comer, Orar, Amar” numa publicação na rede social Instagram.

Rayya Elias não resistiu ao cancro no fígado contra o qual batalhava desde 2016, quando a relação com Elizabeth Gilbert foi tornada pública por ambas. De luto, a chorar a morte da mulher, a escritora dedicou uma mensagem à pessoa que vai “amar sempre”.

“Ela era o meu amor, o meu coração, a minha melhor amiga, a minha professora, a minha rebelde, o meu anjo, a minha protetora, o meu desafio, a minha parceira, a minha musa, a minha magia, a minha surpresa, o meu presente, o meu cometa, a minha liberdade, a minha rock star, o meu porto seguro e o meu bebé”, começou por escrever a responsável pela obra “Comer, Orar, Amar”, adaptada ao cinema com Julia Roberts no papel principal.

“Dir-te-ia para descansares em paz, mas sei que sempre achaste a paz um aborrecimento.”
Elizabeth Gilbert

“Obrigada por me deixares andar contigo bem à margem do rio. Foi a maior honra da minha vida”, continua a escritora, de 48 anos.

As duas contraíram matrimónio em junho do ano passado, conforme relatou na altura a escritora na mesma. “Hoje [dia 6] foi um dia precioso e perfeito. Uma simples e espontânea cerimónia de amor, rodeada por uma mão cheia de amigos e família. Mais dias difíceis estão para chegar. Não é fácil. A doença dela é grave. Mas o nosso amor é forte”, escreveu na mesma rede social.

TEXTO: Dúlio Silva