“BB2020”: Mãe de Hélder deseja reconciliação amorosa com a ex-namorada

Hélder
Fotografia: Instagram Big Brother /TVI

Rosário acha que o filho não vai encontrar um grande amor na casa da Ericeira e torce pelo regresso aos braços da ex-namorada.

É com as lágrimas nos olhos e muito nervosa que a mãe de Hélder conversa com os jornalistas depois do final da última gala do “Big Brother 2020”, no passado domingo. Com o sistema nervoso “alterado há 16 anos”, Rosário viveu intensamente os últimos dias, quando se colocou a hipótese de o concorrente poder ter sido expulso pelos portugueses, por acusações de homofobia com Edmar.

“Tem sido muito complicado para mim e apara a avó do Hélder, que tem 84 anos. Não vejo o meu filho desta maneira, como homofóbico, ele tem a educação excelente e é grande homem. É o meu pilar, não tenho mais ninguém, estou a 50 quilómetros da minha mãe e dos meus irmãos, o pai dele foi embora, decidiu a vida dele. Ele dá me muita força e preocupa-se muito comigo, tanto que deixou o amigo Pedro encarregue de mim. Sou uma mulher muito frágil”, começa por dizer à N-TV.

Em seguida, recorda o namoro de Hélder com a ex-namorada e admite que torce pelo regresso do casal, embora o participante queira encontrar um grande amor dentro da casa.

“Ele teve uma relação de 21 anos e veio à procura de grande amor. Mas não esquece a ex-namorada e ela está muito presente no meu coração. Por mim, comprava já o fato de noivo para o meu filho”, acrescenta Rosário.

“Não sei porque acabou, mas foi iniciativa dela. Já terminaram há quase dois anos. Conheceram-se ela tinha 15 e ele 16 nos anos de uma amiga. Sempre pensei que ia ser minha nora. Ela é a filha que eu não tive”, remata a mãe de Hélder, sem conseguir segurar as lágrimas.