“Big Brother”: Catarina revela violação aos 12 anos, abusos, agressões e aborto

TVI
Fotografias: Rreprodução Instagram TVI

A concorrente do “Big Brother – A Revolução”, confessou que foi violada aos 12 anos, que sofreu agressões e teve um aborto espontâneo.

Catarina desenhou na Gala deste domingo do “reality show” da TVI a “Curva da Vida”. Um momento dramático, pois os primeiros anos da jovem foram sofridos e ficaram marcados por uma violação, agressões e, ainda, por um aborto espontâneo.

“Ninguém merece passar por isto, mas não sei por que é que não falei, por que é não tive coragem”, começou por afirmar sobre a violação que sofreu aos 12 anos.

Com um dos primeiros namorados teve uma relação de abusos e de agressões. “Chegou a apertar-me o pescoço em público. Senti que podem fazer o que quiserem connosco, que não valia nada”, disse ao “Big Brother” enquanto desenhava a “Curva da Vida”.

Finalmente, Catarina sofreu “um aborto espontâneo”. A jovem discutia “muito” com o então namorado e os dois acabaram com a relação.