Carlos Cruz internado no hospital enfrenta novo cancro. Agora no fígado

O antigo apresentador de televisão Carlos Cruz está internado no hospital Curry Cabral, em Lisboa, a lutar contra um cancro do fígado. A notícia foi já confirmada pela N-TV junto de uma fonte próxima do comunicador.

“É verdade, mas ele já está em recuperação”, acrescentou a mesma fonte à nossa revista digital, esperançada na “força que o Carlos sempre revelou em várias situações adversas da vida”.

A notícia foi avançada este domingo pela revista “Mariana”, que revela que o comunicador está internado há duas semanas e o caso é grave, tendo-lhe já sido feito uma embolização para tentar impedir que as células cancerígenas continuem a ser alimentadas.

De acordo com as fontes contactadas pela publicação, Carlos Cruz, de 75 anos, tem “um nódulo que ocupa mais de metade do fígado”.

Esta não é a primeira vez que o antigo apresentador se vê obrigado a lutar contra um problema oncológico. Em 1992 foi-lhe diagnosticado um tumor na garganta, que superou.

Carlos Cruz, que foi conhecido como o “Senhor Televisão”, tendo apresentado alguns dos mais emblemáticos programas de sempre da televisão portuguesa, viu a sua carreira televisiva interrompida em 2003, quando foi detido por associação ao caso de pedofilia da Casa Pia.

Foi detido a 1 de fevereiro de 2003 e esteve preso preventivamente até 4 de maio de 2004. A partir desse momento passou a prisão domiciliária.

Declarando-se sempre inocente, foi considerado culpado, a 3 de setembro de 2010, pelo tribunal, tendo sido condenado a sete anos de prisão efetiva. Em julho de 2016 saiu da prisão da Carregueira em liberdade condicional, e continua sem desistir de provar a sua inocência e o que diz ser a “monstruosidade” que lhe fizeram.

TEXTO: Nuno Azinheira