Carolina Deslandes vive momentos de aflição com cirurgia de urgência do filho

Fotografia: Instagram de Carolina Deslandes

Carolina Deslandes e Diogo Clemente viveram momentos de aflição quando o filho Guilherme teve de ser submetido a uma cirurgia de urgência.

Nas redes sociais, a cantora e o músico desabafaram sobre a situação do menino.

Querida enfermeira Zefa: Eu não sou daquelas mães corajosas, que reagem com frieza no pânico. Não sou. Não sou daquelas que fica a ver sangue, testes e dor e consegue ser racional. Não sou. E custa-me muito não ser”, começou por escrever Carolina Deslandes.

“Sou aquela que fica no canto a rezar e com vontade de fugir com o meu filho nos braços. Sou a que começa a ver tudo à roda e acha que vai desmaiar. Sou a que chora, chora muito. E por isso (mas não só) digo com o coração cheio que ontem e nestes dias – você foi um bocadinho mãe do meu filho. E não existem palavras que eu possa escrever aqui que vão chegar perto do quanto quero agradecer-lhe. Pelo amor, pelo cuidado, pelo rigor com que exerce a sua profissão sem nunca esquecer o coração”, acrescentou.

“Obrigada por ter acalmado os nossos corações, por ter entendido o nosso filho e por nos ter dado tanta segurança. Há qualquer coisa à sua volta que se acende e ficamos todos com esta sensação – ‘se a enfermeira Zefa está, não vai acontecer nada de mal’”, disse.

“Obrigada a este pai dos meus filhos também, que é a raiz mais forte e consistente que conheço. Temos muita sorte. E ao nosso filho corajoso que com três anos passa por uma cirurgia e um pós operatório como um super herói. Esperemos que acabe amanhã a nossa estadia aqui nos Lusíadas. Mas eu não podia mesmo mesmo deixar de agradecer. Que susto grande”, rematou.

Também Diogo Clemente destacou o momento no Instagram.

“É a segunda vez que venho viver para Os Lusíadas com o Guilherme. A primeira era muito pequeno, tinha meses, e com esta mesma imagem de hoje escrevi os arranjos inteiros do Amar Amália no Altice Arena. É isso que os filhos trazem, força e superação. E um extremo sentido de responsabilidade”, começou por desabafar o músico.

“Mas há poucas coisas tão realizadoras como saber que o anjo que dorme naquela cama está em paz porque sabe que estou aqui (e daqui a pouco lá dentro..). Do nada somos heróis”, afiançou.

“Desta vez passou por um pós-operatório, punho com punho e olhos nos olhos a usar a força dele e o orgulho que eu e a Carolina temos nele, uma migalha de gente faz-se grande e forte. Obrigado ao Dr. Vitor, à Dra. Ana Alves, ao anjo enfermeira Zefa e a todos os que auxiliaram este processo no Hospital dos Lusiadas. Amanhã tem alta”, concluiu.

Recorde-se que Carolina Deslandes e Diogo Clemente são ainda pais de Benjamim e Santiago.