Catarina Furtado ruma à Guiné-Bissau enquanto Embaixadora da Boa Vontade. Veja as imagens

Catarina Furtado, Embaixadora da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População há 19 anos, está novamente na Guiné-Bissau para promover o empoderamento da mulher. A missão da apresentadora da RTP está a ser partilhada na primeira pessoa nas redes sociais.

A estrela do entretenimento do operador público de média mostrou-se nas ruas da Guiné-Bissau, país ao qual volta “sempre com tanta vontade”. É enquanto Embaixadora da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População que Catarina Furtado regressa a esta nação, onde estimula uma vez mais o empoderamento do sexo feminino junto de “gentes [que] têm os olhos negros de quem vale a pena confiar”.

A sua estada, que tem sido partilhada no seu perfil de Instagram, fica marcada pelos testemunhos que Catarina Furtado publica nesta rede social. “Hoje, o dia é dedicado a travar uma terrível violação dos direitos das meninas e mulheres: a mutilação genital feminina. E vale a pena não desistir porque os resultados são reais”, escreveu, este domingo, a apresentadora.

Mais tarde, a também atriz referiu-se a este dia como “um dia intenso”. E explicou porquê. “Fomos visitar dois bairros de Bissau, com o Comité Nacional para o abandono das práticas nefastas à saúde das mulheres e das crianças, e pudemos constatar que o abandono da mutilação genital feminina e dos casamentos forçados está a acontecer, a acompanhar a lei!”, realçou Catarina, considerando este feito “verdadeiramente inspirador”, reforçando “a vontade de fazer mais e melhor”.

Recorde-se que Catarina Furtado foi nomeada, pelo diplomata Kofi Annan, Embaixadora da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População em 1999.

TEXTO: Dúlio Silva
FOTOGRAFIAS: Instagram Catarina Furtado