Corey Feldman denuncia publicamente o ator que o abusou na sua infância

Corey Feldman acusou em direto na televisão o ator Jon Grissom de o ter abusado sexualmente quando era criança.

Durante o programa “The Dr Oz Show”, para o qual foi convidado, a estrela de “Lost Boys” identificou Jon Grissom como o autor dos abusos sexuais que diz ter sofrido em criança.

Feldman revelou há vários anos que tinha sido vítima de abusos sexuais na infância, mas até agora nunca tinha nomeado o responsável. O ator chegou a escrever um livro em 2013 onde relata os abusos, mas disse que na altura os advogados o impediram de identificar Grissom, tendo usado o pseudónimo “Ron Crimson”.

Corey Feldman, de 46 anos, acusou o seu ex-assistente e coprotagonista no filme “The Goonies”, em que Corey participou quando era criança, de o ter abusado sexualmente quando tinha 13 ou 14 anos. Feldman disse no programa que na altura, em 1993, fez queixa à polícia mas nenhuma ação foi tomada. “Eu disse que tinha sido molestado, eles disseram: ‘por quem?’. Eu disse ‘ posso dar-vos os nomes, aqui estão eles’, e eles disseram ‘isso não é a nossa área, está fora da nossa comunidade'”, disse o ator a Dr Oz.

Jon Grissom, de 55 anos, teve durante a década de 80 pequenos papéis ao lado de Corey Feldman em “License to Drive” (1988) e “Dream a Little Dream” (1989).

De acordo com o “The Dr Oz Show”, Grissom tem um extenso registo criminal e foi preso por abuso de menores em 2003, tendo mais tarde sido libertado.

TEXTO: Mafalda Santos