Corpo de rapper Kenny Vulcan encontrado no mar em avançado estado de decomposição

O corpo de Kenny Vulcan foi encontrado pela polícia brasileira ao largo da zona oeste do Rio de Janeiro, no Brasil, no passado dia 5 de maio, mas só agora o cadáver foi identificado.

O rapper inglês Kenny Vulcan, de 20 anos, estava desaparecido desde o dia 13 de abril. O seu corpo foi encontrado, a 5 de maio, em avançado estado de composição, ao largo do Rio de Janeiro, e identificado esta semana.

As autoridades brasileiras que tomaram conta da investigação concluíram que o músico, que chegou a colaborar em videoclipes de Nicki Minaj e James Blunt, tirou a própria vida ao “saltar de um penhasco para o mar”.

A tese de suicídio tinha sido avançada desde o seu desaparecimento, uma vez que Vulcan deixou uma mochila com todos os seus pertences e, nessa mesma parte, encerrou os seus perfis nas redes sociais.

O rapper tinha trocado Londres, onde vivia, pela cidade brasileira. De acordo com depoimentos da namorada, Renata Lima, e do pai, Kenny, o cantor enfrentava uma depressão. Os familiares disseram à polícia brasileira que era sua intenção regressar ao Reino Unido, mas apenas quando o seu trabalho fosse reconhecido.

“A ideia de cometer suicídio já lhe tinha passado pela cabeça em Londres, contou-nos a namorada. O pai sabia disso e temia que ele viesse sozinho para o Brasil, onde poderia cometer um ato impensado como este”, explicou à comunicação social brasileira a investigadora Elen Souto.

TEXTO: Ana Filipe Silveira