“Dou-te 100 mil dólares para me dares um soco”. Johnny Depp em tribunal por alegada agressão

O galã norte-americano ter-se-á exaltado durante as filmagens de “City of Lies” e agredido um elemento da produção. O caso avança para tribunal.

O caso remonta a abril do ano passado, quando Johnny Depp filmava “City os Lies”, de Brad Furman, em Los Angeles. Gregg Brooks, da produção do filme, terá avisado o ator que só podia repetir uma das cenas mais uma vez. Depp exaltou-se.

“Quem pensas que és? Não tens o direito de me dizer o que fazer”, gritou, avançando sobre o colega e agredindo-o na zona lombar. “Dou-te 100 mil dólares para me dares um soco na cara agora”, acrescentou o intérprete, sendo de imediato retirado do local por seguranças, garante o TMZ.

A imprensa norte-americana escreve que Brooks – que foi demitido por se recusar a assinar um acordo para não levar o caso a tribunal – contou que Depp estava alcoolizado.

Veja também:

O ator das mil e uma faces. Os 55 anos do camaleónico Johnny Depp em 55 imagens, mais uma

Em “City of Lies”, o ator veste a pele de um detetive. O filme estreia-se em setembro e é inspirado no livro homónimo.

TEXTO: Ana Filipe Silveira