As “revelações” dos “Globos de Ouro” foram mesmo “revelações”?

Fotografia: Sara Matos/Global Imagens

TEXTO: Alexandre Oliveira Vaz

No dia em que o Coliseu dos Recreios recebe a XXII gala dos “Globos de Ouro”, o espectáculo anual transmitido pela SIC, a Notícias TV foi saber o que é feito dos que nos últimos anos foram distinguidos com o “Prémio Revelação”. Será que todos confirmaram as expectativas? Até descobrirmos o vencedor da categoria “Revelação do Ano” da XXII gala dos “Globos de Ouro”, este domingo, dia 21, a Notícias TV faz uma retrospetiva dos últimos talentos revelados.

Hoje é o dia em que são conhecidos os premiados nas várias categorias da cerimónia que recompensa o talento nacional em várias áreas, como a música, o teatro, o cinema, a moda e o desporto.

Para além de serem revelados os novos vencedores, o certame organizado pela SIC e pela revista “Caras” recebe este ano, pela primeira vez, João Manzarra no papel de cicerone do evento que acontece nos Coliseu dos Recreios.

A gala introduziu em 2010 uma nova categoria, que pretende revelar os novos talentos nas mais variadas áreas da sociedade, e que este ano é disputado pelos futebolistas André Silva e Renato Sanches, pela cantora April Ivy e pela atriz Beatriz Frazão.

Veja na fotogaleria as personalidades que conquistaram o galardão de “Revelação do Ano” ao longo dos últimos anos e saiba que caminho profissional percorreram até aos dias de hoje.

 

Daniela Ruah (2010)

Fotografia: Global Imagens/Nuno Pinto Fernandes

Um ano depois de partir para a aventura de desempenhar um papel de destaque na série norte-americana “NCIS: Los Angeles”, Daniela Ruah regressou a Portugal para receber a estatueta de “Revelação do Ano”. Sete anos volvidos da vitória, a atriz mantém-se no elenco da série sobre investigação criminal. Em janeiro deste ano, apresentou ao lado de Boomer Esiason o programa “Os Melhores Anúncios do Super Bowl 2017”, no canal CBS.

André Villas-Boas (2011)

Fotografia: Global Imagens/Nuno Pinto Fernandes

Cerca de um ano depois de ser anunciado treinador do FC Porto, André Villas-Boas ganha um Globo de Ouro pelo seu destaque na liga portuguesa. Na época desportiva seguinte, rumou até Londres para treinar a equipa do Chelsea. Nas temporadas posteriores, foi o responsável pela equipa do Tottenham e pela do Zenit São Petersburgo. Hoje, Villas-Boas está na China, ao serviço do Shanghai SIPG.

Nelsón Oliveira (2012)

Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Quando ganhou o Globo de Ouro, Nélson Oliveira estava ligado há já dez anos ao plantel do Benfica. Nas épocas seguintes, acabou por ser emprestado a outros clubes, como o espanhol La Coruña. Em 2016, o Benfica vendeu-o ao Norwich City, da segunda divisão inglesa.

Victória Guerra (2013)

Fotografia: Nuno Pinto Fernandes/Global Imagens

Em 2013, a vencedora do troféu “Revelação do Ano” foi Victória Guerra. No ano seguinte, brilhou no filme “Variações de Casanova”, ao lado de John Malkovich. A atriz não deixou a televisão, estando a participar atualmente na novela da SIC “Amor Maior”, em que dá vida a uma mulher que sofre de esquizofrenia.

Sara Matos (2014)

Fotografia: Facebook Sara Matos

A nomeação foi, por si só, uma surpresa, uma vez que a interpretação de Sara Matos enquanto a vilã Alice Vidal acontecia na novela “O Beijo do Escorpião”, da concorrente TVI. Mas Sara Matos não só ganhou a estatueta como esteve presente no Coliseu dos Recreios para a receber em mãos. O destino quis que hoje a atriz fizesse parte da família da SIC. A namorada de Pedro Teixeira foi contratada pelo canal para protagonizar a novela “Amor Maior”.

Tiago Teotónio Pereira (2015)

Fotografia: Carlos Manuel Martins/Global Imagens

Era inevitável que Tiago Teotónio Pereira não seguisse o mundo do espetáculo, dado que teve como padrasto o inolvidável Nicolau Breyner. O ator, hoje com 27 anos, foi agraciado com o prémio de revelação por causa do seu papel cómico em “Mar Salgado”. O namorado da atriz Filipa Areosa transitou para o elenco de “Amor Maior”, a atual primeira novela do horário nobre da SIC, em que interpreta uma personagem homossexual.

Mariana Pacheco (2016)

Fotografia: Global Imagens/Sara Matos

Mariana Pacheco ficou surpreendida com a vitória pelo Globo de Ouro e acabou por subir ao palco desorientada. A atriz foi nomeada devido à sua prestação na novela da SIC “Coração d’Ouro”, em que interpretou a vilã Catarina. Mariana continua nos dias de hoje a ser uma aposta forte do canal de Carnaxide. Atualmente, é a protagonista da novela “Espelho d’Água”, ao lado de Vítor Silva Costa e Luísa Cruz.