Guida Maria/Óbito. As imagens do funeral da atriz, marcado pelas lágrimas da filha

O corpo de Guida Maria saiu na tarde desta quarta-feira da Basílica da Estrela para o Cemitério dos Prazeres. O funeral contou com a presença de colegas de profissão para o último adeus à atriz.

Já terminaram as cerimónias fúnebres em memória de Guida Maria, que morreu terça-feira, aos 67 anos, vítima de doença terminal. A atriz perdeu a luta contra um cancro no pâncreas, diagnosticado no verão passado.

No funeral, que se realizou esta tarde, em Lisboa, estiveram presentes figuras do meio artístico português, entre elas Paula Lobo Antunes, Helena Laureano e Cassiano Carneiro. Julie Sergeant não conteve as lágrimas na última despedida à mãe, uma “personalidade incontornável do teatro português”, que fica “muito mais pobre com a sua partida”, como sublinhou o ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, numa nota de pesar.

Com uma carreira de 60 anos, Guida Maria fez cinema, ficção televisiva mas sobretudo teatro, tendo participado em mais de quatro dezenas de espetáculos, entre eles “Os monólogos da vagina”, “A mãe”, “Auto da geração humana”, “A casa de Bernarda Alba” e “Sexo? Sim, mas com orgasmo”.

A atriz, que “faleceu terça-feira de manhã, tranquilamente durante o sono”, conforme referiu o encenador António Pires à Lusa, deixa dois filhos, Pedro Daniel e a também atriz Julie Sergeant.

TEXTO: Dúlio Silva