Homossexualidade: Malato marcha em Lisboa, Rui Pêgo diz que “não é escolha ou moda. É vida”

Milhares de pessoas desfilaram este sábado na Marcha do Orgulho Gay de Lisboa, que levou à zona do príncipe Real homens, mulheres e crianças, numa demonstração de tolerância por diferentes orientações sexuais.

Com algumas figuras públicas presentes, como já é habitual, José Carlos Malato foi uma das mais mediáticas. Acompanhado pelo namorado, João Caçador, e amigos, o apresentador da RTP fez questão de partilhar no Instagram fotografias do momento.

“Nós saímos à rua!”, exclamou Malato na legenda à fotografia, e que recebeu vários comentários de seguidores.

“Uma marcha que devia ser exemplo para outras onde confundem com o carnaval”, “Sejam felizes, amigos, cúmplices e amem-se”, “Felicidade é isso…rir até doer a barriga” foram alguns dos comentários deixados.

Nós saímos à rua! #marchadoorgulholgbti2018 #josecarlosmalato

A post shared by josecarlosmalato (@josecarlosmalato) on

Longe do centro de Lisboa, Rui Maria Pêgo, outra figura pública assumidamente homossexual, não esteve presente na Marcha do Orgulho Gay, que todos os anos se realiza em várias partes do mundo, incluindo Lisboa.

No entanto, o apresentador de televisão e rádio fez questão de deixar uma mensagem sobre a causa LGBT, lembrando que a homossexualidade “não é escolha, opção ou moda. É vida”.

https://www.instagram.com/p/BkGV25OF7S8/?taken-by=ruimariapego

A imagem, que teve mais de 3 mil likes, mereceu vários comentários de seguidores do filho de Júlia Pinheiro e Rui Pêgo.

“Orgulho! As tuas palavras ajudam muitos que se reprimiram e continuam a reprimir! E no final o que é importante? Só o AMOR”, “Sabias palavras 👏 Amor é Amor, nada mais que isso” e “Tão lindo e tão importante! “O ódio é ensinado.” E tão verdade” foram três dos comentários feitos.

TEXTO: Nuno Azinheira