Indireta para Cristina? “Baião e Diana resistiram ao desmantelamento e ataque violento”, diz Daniel Oliveira

Daniel Oliveira
Fotografia: Instagram Daniel Oliveira

O diretor de Entretenimento da SIC elogia o trabalho de Diana Chaves e João Baião e garante que merecem receber uma “Casa Feliz” nova… e líder de audiências. Pelo meio, uma indireta para Cristina Ferreira.

Daniel Oliveira começa por recordar nas redes sociais que o programa foi remodelado no dia de aniversário da SIC que, soube-se na manhã desta quarta-feira, ganhou as audiências.

“No final das celebrações do 28.º aniversário da SIC, é justo dedicar umas palavras à Diana e ao João. Como se sabe, foram chamados, em julho, a encabeçar o mais complexo dos desafios em tv em menos de 48 horas”, começa por lembrar Daniel Oliveira, numa alusão ao regresso repentino de Cristina Ferreira à TVI.

“Fizeram-no sem hesitações, num espaço e num registo com alto grau de exigência”, acrescenta, para uma possível “bicada” à diretora de Ficção e Entretenimento da TVI: “Foram imunes a comparações e à intolerância de quem não aceitaria o mesmo grau de incompreensão para si mesmo. Resistiram ao desmantelamento e ataque violento a uma equipa que perdeu duas dezenas de pessoas ao longo de 11 semanas e teve de se reconstruir várias vezes durante esse período, criar novas dinâmicas e assimilar métodos e conceitos, sem que ninguém se apercebesse disso quando estávamos no ar”.

“A Diana e o João foram o rosto da honra e do orgulho dos talentosos que resistiram nos seus postos e que se empenharam com o mesmo denodo – todos juntos uns pelos outros. Resistiram, com serenidade, a deixar-se influenciar pelo barulho de fundo e procuraram sempre fazer o melhor que era possível em cada momento. Aprenderam em tempo recorde a conhecer-se um ao outro em direto – e que difícil que é essa fusão. Fizeram tudo isto pelo sentido de compromisso com a SIC, com os seus colegas e com o público, a quem fizeram questão de não falhar em nenhum momento. Rindo e chorando, consoante o que sentiam”, diz ainda o responsável.

“Foram e são um exemplo do que é a SIC. Uma televisão feita em equipa, com verdade, com alma e com a alegria genuína de ser feliz. É mais que merecido que tivessem estreado a sua casa nova, tendo oportunidade de trabalhar e evoluir num contexto de estabilidade, apadrinhados pelo entusiasmo da família SIC. Parabéns, Diana e João! Parabéns equipa Casa Feliz! Parabéns SIC!” remata o diretor de Entretenimento da SIC.