Irmã de George Michael morre no mesmo dia que o cantor, três anos depois

George Michael

Melanie Panayiotou, de 55 anos, foi encontrada morta em sua casa, em Londres, no dia de Natal, exatamente três anos após a morte do cantor.

Uma coincidência macabra. Precisamente três anos depois do desaparecimento do cantor britânico George Michael, a irmã do artista, Melanie Panayotou, de 55 anos, foi encontrada sem vida pela sua irmã no seu apartamento em Londres, Inglaterra, no dia 25 de dezembro.

Segundo o jornal britânico “The Sun” “não existem indícios de crime” nem a morte está a ser tratada “como um caso suspeito”.

George Michael morreu no dia de Natal, em 2016, de causas naturais, segundo a autópsia que foi realizada.