Kim Kardashian: “Surpreende-me vencer um prémio de moda quando estou quase sempre nua”

Kim Kardashian recebeu, esta segunda-feira, o Prémio Influência nos CFDA Fashion Awards, cuja gala aconteceu em Nova Iorque, nos EUA. A reação da empresária à distinção está a dar que falar.

Kim Kardashian foi homenageada pelo seu trabalho, especialmente o desenvolvido no universo digital, onde é seguida por mais de 200 milhões de pessoas, entre Facebook, Instagram e Twitter. No entanto, a empresária não deixou a ironia de lado ao receber o Prémio Influência nos CFDA Fashion Awards.

“Surpreende-me vencer um prémio de moda quando estou quase sempre nua”, brincou, referindo-se às imagens que publica nas redes sociais e, em especial, ao perfume com o seu nome, cujo frasco é um molde do seu corpo. “É verdadeiramente uma honra”, acrescentou.

Não é só a estrela do “reality show” “Keeping up With de Kardashians” que ficou admirada com esta distinção. A empresária Kelly Cutrone, fundadora da agência People’s Revolution, não se coibiu de manifestar o seu espanto. “Nunca acordei uma manhã a pensar o que estaria a fazer Kim Kardashian e em como isso influenciaria a indústria [da moda]”, atirou.

O estilista Jeffrey Banks tem opinião semelhante. “Antigamente, [estes prémios] tratavam da sociedade, da moda e dos designers de Nova Iorque e agora existem pessoas que não têm nada a ver com este mundo e que desfilam pela passadeira vermelha. É um momento louco”, frisou.

Além de Kardashian, os CFDA Fashion Awards premiaram ainda Naomi Campbell (Prémio de Moda), Raf Simons (Melhor Estilista do Ano) e as irmãs Mary-Kate e Ashley Olsen pela sua coleção de acessórios.

TEXTO: Ana Filipe Silveira