Michelle Obama revela que sofre de “síndrome do impostor”

Não se trata de uma doença mas sim de uma condição que faz com que Michelle Obama se sinta insegura e duvide de si própria em diversas ocasiões.

Durante uma palestra numa escola de Londres, Inglaterra, Michelle Obama contou à audiência que sofre de síndrome do impostor. A revelação foi feita quando perguntaram à ex-primeira-dama dos Estados Unidos se sente que é um “símbolo de esperança”.

“Ainda tenho um pouco de síndrome do impostor. Aquele sentimento de que vocês não me devem levar tão a sério não desaparece”, começou por responder. “Partilho isto convosco porque todos duvidamos das nossas capacidades e do nosso poder.”

O termo síndrome do impostor foi cunhado pela primeira vez por dois psicólogos em 1978. Na altura, os especialistas acreditavam que esta era uma condição que apenas afetava as mulheres: “Apesar da excelência académica e profissional, as mulheres com síndrome do impostor insistem em acreditar que não são assim tão brilhantes e enganaram qualquer um que pense o contrário.”

TEXTO: João Manuel Farinha

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.