Miguel Sousa Tavares faz percurso inverso ao de Cristina Ferreira. Jornalista troca SIC pela TVI

A nova época televisiva arranca em setembro e a saída de Cristina Ferreira da TVI para a SIC é uma das mais faladas dos últimos anos. Mas não é a única transferência de peso a marcar a próxima temporada. Miguel Sousa Tavares, 68 anos, jornalista e escritor, também muda de estação. Em sentido inverso.

O escritor vai abandonar Carnaxide e regressar a Queluz de Baixo. Foi o próprio Sousa Tavares a confirmar, ao jornal digital “Observador”, que regressará à TVI, onde foi comentador entre 1999 e 2011. “Confirmo, mas por ora não adianto nada mais”, esclareceu apenas.

Apesar de não fazer declarações, já se sabe que na TVI terá um espaço de opinião política, canal onde viu o seu romance “Equador” ser adaptado a série.

Recorde-se que, em 2010, Miguel Sousa Tavares dividia um painel com Paula Teixeira da Cruz no programa “Legítima defesa”, moderado por Pedro Rolo Duarte, que morreu em novembro passado. Foi lá também que, nos anos 90, protagonizou o histórico “Terça à noite”, que juntava António Barreto e Pacheco Pereira, ou “Crossfire”, que partilhava com Margarida Marante.

O cronista, que manterá o seu espaço de opinião no semanário “Expresso”, era até agora comentador residente da edição de segunda-feira do “Jornal da Noite”, ora conduzido por Clara de Sousa ora por Rodrigo Guedes de Carvalho.

TEXTO: Ana Filipe Silveira