Não foi erro, foi “intencional”: Jerry Lewis deixou seis filhos de fora do testamento

Fotografia: Regis Duvignau/Reuters

O comediante norte-americano que morreu no passado dia 20 de agosto não incluiu no seu testamento os seis filhos do primeiro casamento. E não foi esquecimento de Jerry Lewis.

“Eu excluí intencionalmente Gary Lewis, Ronald Lewis, Anthony Joseph Lewis, Christopher Joseph Lewis, Scott Anthony Lewis e Joseph Christopher Lewis e os seus descendentes como beneficiários do meu testamento, sendo a minha intenção que eles não recebam nenhum benefício”. Esta é a declaração de Jerry Lewis expressa no testamento deixado pelo humorista e ao qual a revista “People” teve acesso.

Os seis filhos a que se refere nasceram do seu primeiro casamento com Patti Palmer, que durou 36 anos.

Os beneficiários da sua fortuna, avaliada em 50 milhões de dólares pela “Forbes”, são SanDee Pitnick, com quem se casou em 1983, e a filha adotiva, Danielle.

Jerry Lewis com SanDee Pitnick e Danielle. Fotografia: Fred Prouser/Reuters

Lewis morreu aos 91 anos, a 20 de agosto passado, com uma cardiomiopatia isquémica, condição que impede o coração de bombear sangue suficiente para o resto do corpo.

TEXTO: Ana Filipe Silveira