Nome de Amber Heard envolto em polémica depois de comentários racistas. Atriz já pediu desculpa

Amber Heard está envolvida em polémica depois de ter feito comentários racistas durante uma brincadeira nas redes sociais. No fim, a atriz voltou com a palavra atrás.

A ex-mulher do ator Johnny Depp escreveu no seu perfil de Twitter, esta terça-feira, uma mensagem racista. Apesar de tudo não passar de uma brincadeira, Amber Heard foi alvo de diversas críticas por parte dos admiradores.

“Acabei de ouvir que há um posto de controlo da Imigração e Alfandega em Hollywood, há poucos quarteirões de onde moro. Hoje é melhor que todos deem boleia para casa aos seus empregados, amas e jardineiros”, começou por dizer a profissional, frisando que todos esses cargos de trabalho são ocupados por imigrantes.

A atriz continuou, indignada com a situação, perguntando se esta é a “excelente América” que querem criar. “Operações e postos de controlo policial não parecem a ‘terra dos livres’ que nossos antepassados imigrantes construíram”, rematou.

Ao ver que a sua brincadeira foi interpretada de maneira errada pelos fãs na referida rede social, Amber Heard, de 42 anos, optou por apagar a publicação e pedir desculpa pelo mal-entendido.

“É difícil fazer uma simples declaração como distração para os verdadeiros problemas como a crise dos direitos humanos. É difícil para qualquer pessoa não ser afetado de forma negativa por este assunto”, disse a artista.

Amber Heard esteve no fim-de-semana passado numa manifestação junto a um centro de detenção de crianças, criado pelo governo liderado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A atriz esteve no protesto com Joshua Jackson, Sia, Bella Thorne, Constance Wu, Connie Britton e Lena Dunham.

Percorra a galeria de imagens e fique a conhecer melhor a artista.

TEXTO: Tiago Firmino