Rapper norte-americano morre baleado. XXXTentacion estava acusado de violência doméstica

O rapper XXXTentacion morreu esta segunda-feira, no estado norte-americano da Florida, depois de ter sido atingido a tiro quando abandonava uma loja de motociclos no norte de Miami.

O cantor foi transportado em estado de coma para uma unidade hospitalar localizada na região de Fort Lauderdale, perto daquela cidade dos Estados Unidos, mas já no hospital acabou por não resistir aos graves ferimentos de que foi vítima.

Esta não foi a primeira vez que o artista sofreu um ataque. No ano passado, XXXTentacion já tinha sido atacado por um grupo de homens, em Los Angeles, mas revelou posteriormente que o incidente não o deixou suficiente abalado para rever os seus próprios níveis de segurança.

Apesar desse episódio, não é certo de que tenha sido um conflito pessoal que estivesse na base do ataque. Segundo a polícia local, são dois os homens que estiveram envolvidos no tiroteio e a hipótese de um roubo é a que parece mais provável para os investigadores.

Jahseh Dwayne Onfroy, como era o seu verdadeiro nome, estava a enfrentar várias acusações de violência doméstica referentes a outubro de 2016, quando terá agredido a então namorada, e que na altura se encontrava grávida.

O rapper, de 20 anos, refutou desde logo as acusações e doou cerca de 100 mil dólares a instituições que se dedicam a questões de prevenção contra a violência doméstica, mas foi decretado pelo tribunal que ficaria a aguardar julgamento em prisão domiciliária. Mais tarde, o juiz decidiu levantar a medida de coação para que o artista pudesse fazer uma “tournée”.

Autor de sucessos como “Sad!” ou “Look at Me!”, XXXTentacion morreu sem conseguir provar a sua inocência. Recentemente, chegou ao primeiro lugar na lista de vendas nos Estados Unidos, graças ao lançamento do seu segundo álbum, “?”, em março.

Devido ao processo de que estava a ser alvo antes de falecer, as suas músicas foram retiradas temporariamente das playlists automáticas dos serviços de streaming da Spotify, em maio.

Reações à morte de XXXTentacion

Depois de confirmada a morte do rapper, Kanye West recorreu à sua conta na rede social Twitter para expressar o seu pesar pelo falecimento do colega de profissão.

“Descansa em paz. Eu nunca te disse o quanto me inspiraste quando estiveste aqui. Obrigado por existires”, escreveu o marido de Kim Kardashian na legenda da sua publicação, acompanhada por uma fotografia do falecido.

TEXTO: Duarte Lago