Se vai ao concerto de Ariana Grande em Lisboa, é melhor espreitar aqui

Os objetos pontiagudos, as armas de fogo ou brancas e material explosivo está obviamente proibido no espetáculo da cantora este domingo à noite. Mas há muito mais itens que não pode levar para o Meo Arena, em Lisboa.

Por exemplo: mochilas e trolley’s. Proibidos. Tais como correntes metálicas, lanternas, câmaras fotográfica, selfie sticks, lanternas, laser e powerbanks, cadeiras de qualquer tipo ou latas, copos e garrafas. E ainda caixas ou recipientes com alimentos, bebidas alcoólicas, bolas – das de futebol às de ténis – ou gravadores áudio.

A lista de tudo aquilo que não entra no Meo Arena este domingo à noite foi divulgada pela Everything is New, a promotora do espetáculo de Ariana Grande, que se realiza três semanas depois de um atentado terrorista ter matado 22 pessoas no final de um concerto seu em Manchester, no Reino Unido.

A abertura das portas daquela que é a maior sala de espetáculos do país está marcada para as 17h30, e a organização aconselha a chegada ao local, no Parque das Nações, após essa hora.

No passado domingo, Ariana Grande, de 23 anos, realizou um evento de solidariedade para com as vítimas daquele atentado no estádio Old Trafford Cricket Ground, na mesma cidade inglesa. Este concerto de beneficiência reuniu no palco estrelas da música como Justin Bieber, Miley Cyrus, Katy Perry, Pharrell Williams, Coldplay, Usher, Niall Horan, Take That, Little Mix, Black Eyed Peas e Robbie Williams.

O espetáculo insere-se na digressão “Dangerous Woman”, que segue depois para outras cidades europeias.

TEXTO: Ana Filipe Silveira

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.