Teresa Guilherme: “Não sou o bicho-papão que as pessoas pensam”

Aos 62 anos, Teresa Guilherme diz-se uma mulher “serena”. Hoje mais “tolerante”, só entra em guerras que sabe que “pode ganhar”. Diverte-se com a imagem que os outros têm de si, e admite que contribuiu na construção dessa personagem. Mas na hora de tirar a máscara garante que não é “o bicho-papão que as pessoas pensam”.

“Big Brother”, “Casa dos Segredos”, “A Quinta”, “Love on Top”. A carreira de Teresa Guilherme faz dela “a rainha dos reality shows”, mas a apresentadora e produtora não gosta do título. “Isso a mim entristece-me imenso, por causa dos muitos outros programas que apresentei e produzi. Ainda por cima, tenho não sei quantos êxitos na minha vida de que as pessoas se lembram. Programas que gostei muito de apresentar”, afirma Teresa Guilherme, numa entrevista exclusiva que pode ser lida na íntegra esta segunda-feira às 21h30.

A carregar vídeo...

A profissional recebeu a N-TV em sua casa e recordou o seu percurso profissional. “Há muita gente que não se lembra, mas eu produzi 154 programas de televisão. E apresentei sete ou sete. Fiz de tudo um bocadinho: apresentei programas à tarde, programas de manhã, e programas à noite, mas de facto, eu fui a produtora”.

Ao longo de mais de hora e meia de conversa, Teresa Guilherme lembra que deu “muito dinheiro a ganhar às televisões” e admite que também foi bem “recompensada” por isso. Embora deixe claro que “Portugal não é os Estados Unidos onde se pagam cachets milionários”. “Nos Estados Unidos, aí sim, faz-se um êxito e fica-se rico. Em Portugal não é assim”, complementa.

Na entrevista, a apresentadora, que já passou pelos três principais canais generalistas portugueses, fala de Emídio Rangel e José Eduardo Moniz, confessa que continua a ter o sonho de montar um canal de cabo, explica por que razão se voltou para a Internet e explica por que, aos 62 anos, continua a preferir estar solteira. “Não tenho paciência para explicações. Gosto de ser uma mulher livre”.

Veja às 14h00 deste domingo o segundo vídeo com novas revelações desta entrevista exclusiva que pode ser lida na íntegra na segunda-feira às 21h30.

TEXTO: Nuno Azinheira