Anabela Moreira fala sobre traição: “Foi uma dor profunda”

Fotografia: Instagram de Anabela Moreira

Anabela Moreira abriu o livro da sua vida durante uma conversa franca com Daniel Oliveira no último “Alta Definição”, na SIC.

A atriz, de 46 anos, recordou a “dor profunda” que sentiu quando foi traída por um ex-companheiro.

“A primeira vez que fui traída foi uma dor tão profunda que lembro-me de estar na casa de banho e não conseguir falar. Estava lavada em lágrimas. […] Era o meu primeiro desgosto de amor. E depois aconteceu-me, mais tarde, [ficar] três meses de cama também com uma traição. Foi o pior que me aconteceu. Foi uma das grandes mudanças da minha vida”, confessou.

Contudo, a artista revelou que com a experiência e com o tempo começou a “regenerar muito bem as suas mágoas e dores”.

“Uma pessoa quando trai, essa traição não tem nada a ver contigo. Uma coisa é alguém estar numa relação e apaixonar-se por outra pessoa, aconteceu. Outra coisa é um traidor. Um traidor é alguém que tem a capacidade de estar com outra pessoa, estar contigo e consegue conviver com esta dualidade. Quando isto acontece na tua experiência de vida, tu achas que a culpa é tua, que há qualquer coisa em ti que falhou para não seres digna daquela amor idealizado. E eu vi muitas amigas minhas a passar por esse sofrimento”, disse ainda.