Filha de Alexandra Lencastre revela ter sido ameaçada por um “grande canal”

Fotografia: Instagram de Margarida Bakker

Inês Vaz recorreu às redes sociais para fazer um desabafo sobre as dificuldades do mundo artístico. A jovem atriz recebeu o apoio de Margarida Bakker, filha de Alexandra Lencastre, que aproveitou para confessar que já foi ameaçada por uma estação de televisão.

A intérprete mostrou-se revoltada depois de ter visto uma promoção feita pela RTP2 de um filme, que foi divulgado em 2011. É que a artista, que foi protagonista no projeto em questão, diz ter sido ignorada na publicidade feita nas redes sociais e na página da RTP.

“Um filme – já antigo, de 2011 – em que sou umas das personagens principais passou ontem na RTP2. Ao ser promovido nas redes e na página da RTP, omite-se por completo a minha participação no elenco, assumindo apenas os atores com ‘fama’ (ou talvez mais seguidores), mesmo sejam papeis secundários ou participações especiais. Já não é a primeira vez que acontece”, começou por desabafar Inês Vaz.

“Um ator na atualidade não só tem as chances de integrar um projeto audiovisual mediado pelos ‘seguidores’ ou grau de fama, como também vê o seu trabalho invisibilizado a posteriori pelas mesmas razões. A lógica que assiste a estas dinâmicas – que é clara – parece-me preguiçosa e desonesta. Esta ditadura da fama e dos seguidores, completamente dominante e dominadora hoje em dia, é, parece-me, um desserviço ao trabalho artístico e criativo. E também ao que estamos a construir como sociedade”, acrescentou.

“Tenho quase 20 anos de profissão e um trabalho consistente enquanto atriz, ainda que não seja mediático ou mainstream. Torna-se ofensivo, uma forma de violência e de indiretamente perpetuar a precariedade. E este ‘post’ é um singelo apelo, à minha pequena escala, para que se repense tudo isto. O que fazer para alterar esta lógica cada vez mais dominante?” rematou Inês Vaz, indignada.

A caixa de comentários do “post” encheu-se com mensagens de força e apoio, nomeadamente de Margarida Bakker, filha de Alexandra Lencastre, que também partilhou a sua história.

“Obrigada pelo testemunho! Já ando nesta luta pela igualdade de oportunidades e/ou, pelo menos, respeito pela formação/experiência há algum tempo… cheguei a ser contactada pelos advogados de um dos ‘grandes canais’ a ameaçarem-me com processos caso a ‘polémica nas redes não terminasse”, começou por contar.

“Tenho uma mãe que se deixou corroer pelos valores meramente estéticos que a ficção nacional lhe impôs desde sempre (também é atriz), assim como um pai que produz e sabe que infelizmente já não são os anos 80. Uns colegas meus falaram na altura de uma plataforma online para colegas ‘não influencers’ para acesso a castings”, acrescentou.

“Esta plataforma porém sempre me pareceu meia utópica, visto que para resultar teríamos de aceder a determinados contactos que (tal como o ciclo da vida indica) nos rejeitariam com a justificação de ‘falta de reconhecimento’”, concluiu.