Filhos de craques campeões viram protagonistas

Por cá ou no estrangeiro, os mais pequenos entraram em campo para celebrar com os pais futebolistas. Em Inglaterra, Carlota estreou-se ao colo de Bernardo Silva.

Ao longo da época, as famílias pagam a fatura da alta competição, por isso, na hora de celebrar os títulos, os craques fazem questão de levar os filhos ao relvado, para todos posarem para a taça, compensando as ausências. Nos últimos dias, os mais pequenos ganharam protagonismo perto dos pais campeões com quem acabam por partilhar a medalha.

No fim de semana, em Inglaterra, Bernardo Silva posou com a mulher, Inês Degener Tomaz, e a única filha, Carlota, após conquista inédita do Manchester City, o clube onde joga, que se tornou o primeiro a alcançar um “tetra” na Premier League. O craque esteve nas quatro vezes, mas esta foi a estreia da bebé na festa, até porque só tem oito meses. Mesmo pequena, equipou-se a rigor para entrar em campo com Bernardo e, no final, posar para a posteridade.

Há uma semana, em França, foi a vez de Mafalda, de dois anos e meio, também se destacar na confirmação do pai, Vitinha, como campeão pelo Paris Saint-Germain. A menina é fruto da relação do futebolista com Tatiana Rendeiro Torres.

A jogar no PAOK, Vieirinha ergueu o caneco na Grécia e foi também com a herdeira, Cristina, de 12 anos, e a mulher, Vaso Vergidou, que partilhou o feito. Com um “amo-te”, o atleta reagiu às imagens que a companheira publicou no Instagram.

Por cá, no sábado, o Estádio de Alvalade viu os novos campeões nacionais a receberem a taça, com direito a invasão de campo por parte de familiares e amigos. Desta vez, na despedida, Luís Neto teve não só a mulher, Andreia Vanessa Silva, e o primogénito, Rodrigo, de nove anos, como também a filha mais nova, Mel, de três anos, por perto.

Santiago, de quatro anos, o filho mais velho do presidente Frederico Varandas, também esteve no relvado, e marcou um golo, que festejou como Gyökeres, o melhor marcador da Liga, para gáudio dos adeptos.