Maria Sampaio: “O assunto nunca foi as tranças da Rita Pereira”

maria sampaio
Fotografia: Instagram Maria Sampaio

Maria Sampaio esclareceu que a sua crítica nunca foi sobre Rita Pereira, mas sim sobre a música utilizada pela atriz no vídeo que partilhou nas redes sociais.

A atriz reagiu à polémica relacionada com Rita Pereira e a alegada apropriação cultural. Agora, a artista recorreu ao perfil de Instagram para explicar que o alvo do seu comentário não foi a colega de profissão.

“Não me passem atestados de burrice, ou não ponham palavras na minha boca! O assunto nunca foi as tranças da Rita [Pereira]. Já usei e ela já usou outras vezes e tantas outras mulheres e homens usam”, disse.

Maria Sampaio esclareceu que foi a parte da letra associada no vídeo que originou a sua crítica: “Aproveitei para falar que pelas experiências que vivi de preconceito e de vivências da minha família decidi não voltar a usar!”

“Não disse que era errado os outros usarem! A base está no que elas representam para um povo! Como ainda são marginalizados pelo uso das mesmas, tal como a Rita referiu no seu último post”, acrescentou.

A atriz salientou que o peso mediático de Rita Pereira acabou por abafar o “assunto base”. “O peso que a Rita tem mediaticamente e o facto de, por acaso, estar de tranças, abafou o assunto base: pessoas brancas, ou de pele clara, proferirem as palavras ‘para os brancos sou preta’”.

“Isso sim ofendeu muita gente, pessoas que sofrem o real preconceito neste país e no mundo pela cor da pele que têm! Esta é a base! Se alguém se sentir ofendido com as minhas palavras então devo sim pedir desculpa!” afirmou.

A artista concluiu destacando que o racismo é um problema coletivo. “Peço que revejam sempre os vossos atos e as vossas palavras! Pessoas negras também não são todas iguais, achar que são também é racismo”, rematou.