O sofrimento de Jessica Athayde após fim da relação com Manzarra: “Gostei do João durante anos”

Jessica Athayde falou abertamente do período difícil que viveu depois de se separar de João Manzarra. A atriz esteve este sábado à conversa com Fátima Lopes, no programa “Conta-me Como És”, e abordou ainda o capítulo da maternidade, que vai experienciar em breve.

Foram dias, meses e anos difíceis. O fim do namoro de vários anos com João Manzarra, em 2013, coincidiu com um problema de saúde e marcou um período negro na vida da atriz, que recorreu à ajuda da colega Carla Andrino, com quem contracenava na altura, e que além da representação também trabalha como psicóloga.

“Ela [Carla Andrino] ajudou-me numa fase ‘hardcore’ da minha vida. Tive várias anorexias nervosas ao longo da minha vida, mas nenhuma como a última, que começou enquanto estava a fazer a [novela da TVI] ‘Doce Tentação’. Coincidiu também ter o coração completamente partido. Estava a sair de uma relação [com João Manzarra] e foi a minha primeira relação muito séria, onde eu depositei a ideia de uma família”, assumiu.

“Eu e o João vivemos uma relação muito intensa, fomos viver juntos logo, cães, família… Achava que ficava ali para sempre. Acreditava que o João era a minha família. E quando o João começou a dar alguns passinhos para trás eu senti-me completamente sem chão.”

“Foi muito duro, eu ainda gostava muito do João e gostei do João durante anos”

Foi nessa altura que procurou ajuda e começou a ultrapassar a dor: “Tive de arrumar as minhas gavetas todas, desde miúda (…) Entreguei-me seriamente à terapia. Foi muito duro, eu ainda gostava muito do João e gostei do João durante anos.”

Jessica Athayde frisou que era “super apaixonada” por Manzarra mas que hoje, aos 32 anos, tem com o ex-namorado uma relação de grande cumplicidade: “O João hoje em dia é dos meus grandes melhores amigos, mas durante anos sofri imenso por causa dele (…) Quando aquilo aconteceu, para mim, foi um terramoto.”

“Estive 48 horas a ter um ataque de pânico”

Virada a página do passado, Jessica abordou o presente e a questão da maternidade, algo que sempre ambicionou mas que se tornou assustador quando descobriu que estava grávida. “Estive 48 horas a ter um ataque de pânico. Eu queria tanto estar grávida que, quando aconteceu, entrei em pânico.”

“Pensei que não era a altura certa, que não estava preparada, que não tinha nada organizado, que ia entrar nas danças [‘Dança com as Estrelas’, na TVI] e noutro projeto, e porque o filho do Diogo tinha quatro anos e era melhor esperar que tivesse seis ou sete. De repente, consegui criar milhares de problemas”, acrescentou.

Apesar do mau humor e dos enjoos de que já se havia queixado, a intérprete, de 32 anos, vive a etapa mais feliz da vida ao lado do namorado, o ator Diogo Amaral, e do filho deste – Mateus, de 4 anos – que “reagiu muito bem à notícia” e quer que o bebé que aí vem seja um rapaz.

TEXTO: João Manuel Farinha

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.