Rita Pereira recorda Angélico e revela que ainda sente medo da perda

Fotogarfias: Instagram Rita Pereira

Rita Pereira marcou presença no especial “Dois às 10”, na TVI, deste sábado, 8 de outubro e lembrou a morte de Angélico Vieira.

Foi numa conversa franca com Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz que a atriz, de 40 anos, confessou ainda viver com medo.

“Basicamente há 11 anos, sempre que me ligam, literalmente, a primeira coisa que penso é ‘morreu alguém e vão-me dizer agora’. Todos os dias. É um problema”, revelou.

O apresentador perguntou de seguida se Rita Pereira precisou de ajuda profissional ao que a intérprete respondeu: “Acho que preciso, mas costumo sempre dizer que só falarei com algum profissional que tenha passado pela mesma coisa. Estou errada, eu sei. Só que até então tenho conseguido batalhar, tenho conseguido superar”.

Outro tema da entrevista visou o regresso dos D’ZRT algo que deixa Rita Pereira “muito feliz” mas “com algum receio de estar presente no concerto”. “Só a nível emocional, obviamente. Mas sei que vou estar muito feliz e vai ser uma viagem”, explicou.

“Estou ansiosa, muito feliz por eles e sabia desde o primeiro minuto que eles iam esgotar. [e que iam voltar um dia], nem que fosse para comemorar a vida do Angélico”, assegurou.

Recorde-se que Angélico Vieira morreu em 2011 no seguimento de um acidente de viação.