Solidária com iraniana, Catarina Furtado leva 14 segundos a cortar o cabelo e a Internet critica

Fotografias: Instagram Catarina Furtado

Mulher de muitas causas sociais, Catarina Furtado mostrou-se indignada com a iraniana morta e resolveu, como outras famosas, cortar o cabelo, solidária. O pior foi, segundo as redes sociais, os 14 segundos de… alegada “indecisão”.

Serão os 14 segundos mais longos da vida de Catarina Furtado, por estarem a ser analisados à lupa na Internet? A apresentadora da RTP1 solidarizou-se com as causas de Masha Amini, a iraniana que apareceu morta depois da polícia a ter detido por “uso inadequado” do véu islâmico – que é obrigatório no Irão -, mas o gesto, em vez de elogios, pela solidariedade, está a suscitar críticas.

À semelhança de outras figuras públicas, Catarina Furtado corta um pouco o cabelo, num vídeo publicado nas redes sociais, mas muitos seguidores não demoraram a criticar aquilo que chamam de aparente “indecisão” de alguns segundos, que relacionam com a “imagem” que a comunicadora quererá preservar na televisão.

Mas há quem admire o gesto da comunicadora do primeiro canal e uma das vozes que apoiam o momento é a de Marisa Liz: “Obrigada por seres tão especial”, refere a cantora.

“Gesto apenas simbólico pela liberdade das mulheres! Basta! Obrigada a todas pela coragem que têm tido no Irão”, escreveu Catarina Furtado nas redes sociais.