Teresa Guilherme acusa a TVI de “assassinar” as últimas edições de “Casa dos Segredos”

Instagram Teresa Guilherme

A apresentadora acusou a TVI de “assassinar” as últimas edições da “Casa dos Segredos” ao eliminar uma das emissões do formato.

Teresa Guilherme, que apresentou seis das sete edições portuguesas do reality show, afirmou em entrevista ao “Observador” que o programa e os concorrentes foram prejudicados a partir da fase em que deixou de ser emitido às 21 horas e passar para as 19.

“Sempre houve polémica à volta dos concorrentes. Não se notou tanto no início. […] Na quinta edição, que foi para aí há cinco anos, foi o descalabro”, referiu.

“Tiraram o programa das 21 horas. Passámos a ter o compacto às 19 horas, onde não podias mostrar nada que fosse conflito, e um à meia-noite, onde podia haver alguma relação com os concorrentes. Víamos sexo ou conflito, não havia tempo de mostrar outra coisa”, explicou.

“Quem fez isso assassinou uma parte dos programas e assassinou também a parte boa dos concorrentes, porque começou a mostrar um perfil deles altamente atacável”, acrescentou.

A apresentadora revelou ainda que os concorrentes ficavam surpreendidos quando saíam da “Casa dos Segredos” e questionavam o motivo pelo qual apenas eram transmitidas certos momentos.