O dono da cadela Sadie pregou-lhe uma partida fingindo estar a sofrer um ataque cardíaco para saber qual seria a sua reação numa situação de emergência.

Quando o homem cai no chão sem se mexer, Sadie apressa-se a ir para junto dele e anda à sua volta sem parar, tentando perceber o que se passa. Em desespero, tenta levantar os braços do dono na esperança de que ele tenha alguma reação, mas nada parece surtir efeito. Já sem saber o que fazer, Sadie fica simplesmente ao lado do dono e não sai de ao pé dele.

Após um minuto e meio de muita ansiedade, o homem termina finalmente com o sofrimento da pobre cadela e “acorda” repentinamente, satisfeito com a sua atitude. Sadie não esconde a felicidade por saber que o dono está bem e enche-o de lambidelas.

TEXTO: Mafalda Santos