Eventual filha de Harry e Meghan Markle não herdará título real. Descubra aqui a razão

De entre as várias imposições que Harry e Meghan Markle tiveram de ceder para receberem a permissão do casamento, há uma que está a ganhar destaque na imprensa internacional: se os duques de Sussex forem pais de uma menina, a criança não receberá o título nobiliárquico dos pais.

Ele é príncipe, mas ela jamais será chamada de princesa. Houve, no entanto, outras cedências que Harry de Inglaterra, de 33 anos, e a ex-atriz norte-americana Meghan Markle, de 36, foram obrigados a fazer para que a rainha Isabel II autorizasse o matrimónio entre os dois.

Uma delas é o facto de uma futura filha do recém-casal não ir herdar o título de duquesa de Sussex. A lei britânica assim o indica e só permite que a criança venha a ser chamada de Lady.

A regra é, no entanto, outra caso Harry e Meghan sejam pais de um menino, mesmo que ele seja mais novo do que uma ou mais irmãs. Não só o rapaz receberá o título nobiliárquico de Lord como poderá continuar a gozar do título de duque.

Esta é, para já, a realidade do casal, mas pode não ser a do futuro já que, como destaca o jornal “The Sun”, a monarca britânica alterou, em 2012, a lei para que todos os filhos dos duques de Cambridge pudessem ser aclamados de príncipes. Até então, só o primogénito do príncipe William e Kate Middleton, George, podia receber este título.

Um ano mais tarde, a legislatura voltou a sofrer alterações, tornando Charlotte na primeira mulher a manter o seu lugar na linha de sucessão ao trono britânico. A princesa continua a ocupar a quarta posição desta lista, mesmo após o nascimento do irmão Louis Arthur Charles, no passado mês de abril.

VEJA TAMBÉM:

Primeiro evento oficial de Meghan sem Harry será… com a rainha. Já é considerada “a dupla real favorita”

TEXTO: Dúlio Silva