Meia-irmã de Meghan volta ao ataque: Harry é um “covarde” e Markle é a “duquesa do absurdo”

A má relação entre Meghan e Samantha Markle, filhas do mesmo pai, não é novidade, mas o assunto ganhou uma nova dimensão com comentários que a meia-irmã da duquesa de Sussex fez acerca da família real britânica na rede social Twitter.

Samantha, de 53 anos, acusa Meghan, de 36, de ser a “duquesa do absurdo” e o príncipe Harry de Inglaterra de ser um “covarde” por permitir, segundo ela, que Meghan Markle “maltratasse todos os que estiveram perto dela, especialmente a sua família”.

Este é uma muitas mensagens publicadas na conta de Twitter da meia-irmã da ex-atriz norte-americana e que rapidamente foram reproduzidas pela imprensa, sobretudo a do Reino Unido. Os insultos de Samantha ao novo casal real voltaram a chocar os britânicos, que, em março, já tinham escutado a familiar de Meghan a acusá-la de ingratidão para com o pai de ambas, Thomas Markle.

“Se tens 75 mil euros para gastar num vestido, também tens 75 mil euros para gastar com o teu pai”, atirou, em entrevista à revista norte-americana “In Touch”. “A educação de Meghan e as ligações à indústria do entretenimento ajudaram-na a conquistar o primeiro emprego… Ele [o pai] deu-lhe tudo para ela ser quem é”, acrescentou.

Agora, Samantha voltou ao ataque. A meia-irmã de Meghan Markle chega mesmo a afirmar, na série de “tweets” em que mostra a sua revolta, que a princesa Diana, a mãe de Harry, “ficaria envergonhada” com a falta de atitude de Harry e a postura da mulher. “[Harry,] Pare de usar as cuecas e o sutiã da Meg e tire as suas calças dela!”, diz.

Por fim, um conselho dirigido a Harry. Acreditando que a sua meia-irmã não é a pessoa certa para o filho mais novo de Carlos e Diana de Gales, Samantha sugere que o duque de Sussex se case com… Cressida Bonas. Porquê? “Porque ela era mais como a mãe, Diana”, atira.

De notar que Cressida, atriz e modelo britânica, de 29 anos, namorou com o príncipe Harry, de 33, entre 2012 e 2014.

TEXTO: Dúlio Silva