“A senhora Meghan Markle tomou a decisão de encerrar as suas redes sociais”

Meghan Markle encerrou as suas contas de Instagram, Facebook e Twitter e deu por terminado o blogue de estilo e tendências de moda que assinava, o The Tig. Na origem da decisão estarão pressões por parte da casa real britânica, relata o jornal “El País”.

“Como a senhora Markle não tem usado as suas redes sociais há algum tempo, tomou a decisão de encerrá-las”, informou, esta quarta-feira, o Palácio de Kensington, citado pelo espanhol “El País”. Até esta terça-feira, as contas da atriz norte-americana, de 36 anos, estavam acessíveis ao público.

A noiva do príncipe Harry, de 33 anos, viu assim como condição para pertencer à família real britânica terminar a sua atividade nas redes sociais. A entrada oficial neste seio acontecerá a 19 de maio, dia em que o casal sobe ao altar, no Castelo de Windsor.

É tradição que os membros da realeza não tenham contas nas redes sociais nem publiquem fotografias do seu quotidiano. Tudo por uma questão de segurança. Tal acontece, por exemplo, com os príncipes William e Harry e com Kate Middleton, que não têm perfis individuais na Internet. Em vez disso, as informações e novidades sobre os membros da família real são transmitidas através das contas oficiais do Palácio de Kensington.

A protagonista da série “Suits” utilizava as suas redes sociais principalmente para promover a sua carreira e partilhar com os fãs alguns dos seus hobbies, como a culinária. Eram também comuns as imagens com os amigos em viagens e com os dois cães, Bogart e Guy. Mas a vida da atriz parece agora ter dado uma volta de 180 graus.

Meghan Markle já havia revelado publicamente que tomara a decisão de abandonar o papel que interpretava na série “Suits” e que desempenhou durante sete temporadas para se dedicar aos compromissos da família real britânica.

TEXTO: Mafalda Carraxis