Afinal, o que é que mantém a rainha Isabel II viçosa? Quatro bebidas por dia

Uma maçã por dia mantém o médico longe, diz o ditado inglês. Mas, para a rainha de Inglaterra, são quatro cocktails por dia que a mantêm saudável.

O jornal “The Independent” é o primeiro a falar, em 2012, das quatro bebidas por dia da rainha Isabel II de Inglaterra. Margaret Rhodes, prima da rainha, afirmava na altura que Isabel II tomava um gin com Dubonnet antes de almoço, juntamente com uma fatia de limão e muito gelo. Ao almoço, bebia vinho e, à tarde, um Martini e um copo de champanhe.

Segundo a medida de álcool utilizada em Inglaterra, essas quatro bebidas equivalem a seis unidades de álcool por dia. Estudos feitos pelo governo revelam que o ideal para as mulheres seria entre duas a três unidades, o que torna a rainha Isabel II numa “consumidora compulsiva” de acordo com os padrões governamentais, uma vez que o governo afirma que não deveriam ser excedidas as 14 unidades por semana.

Agora, cinco anos depois dessa afirmação, um dos antigos chefs da casal real britânica, Darren McGrady, vem confirmar isso mesmo, em conjunto com mais uma dezena de informações sobre as comidas preferidas da monarca, de 91 anos, como é o caso de frango grelhado e espinafres, chocolate e sanduíches com pepino ou salmão fumado.

Já o site Popsugar revela também que algumas das bebidas que podem facilmente ser encontradas no Palácio de Buckingham são Bacardi, Pimm’s, gin Gordon’s, cidra Bulmers e uma enorme variedade de champanhes como Bollinger, Krug, Lanson e Pol Roger.

Isabel II conta com 65 anos de reinado, sendo assim a monarca viva que há mais tempo se mantém no trono. E qualquer que seja o segredo para a sua longevidade, os quatro cocktails por dia só podem ajudar.

TEXTO: Marta Silva