Cristina Ferreira: “Sempre me assumi como sou, sem medo de opiniões ou gostos contrários”

Cristina Ferreira utilizou o seu site para desabafar sobre as mudanças que a vida lhe trouxe quando chegou aos 40 anos. A apresentadora da TVI aproveitou para deixar um conselho aos seus admiradores.

“É engraçado como chegamos aos 40 e passamos a ter certezas na vida. O salto que se dá entre os 30 e esta idade, quase sem darmos por isso, é tão grande que só aí percebemos como cada dia é especial e deve ser vivido como tal”, começou por escrever a comunicadora, esta quarta-feira, na publicação feita na plataforma online.

A diretora de conteúdos não informativos da TVI, que divide a apresentação do programa “Você na TV” com Manuel Luís Goucha desde 2004, lembrou que optou pela televisão no início da sua carreira por ser uma “paixão”.

“Quando escolhi a televisão fi-lo com paixão. Não sabia eu o amor que viria a ter pela caixa mágica. E a magia que lhe foi atribuída não foi por acaso. Um estúdio, câmaras, público, e em casa, tão longe a casa de cada um, mas tão perto. Costumo dizer que o filtro que nos separa do telespectador é tão ténue que se vê tudo. A transparência da televisão não dá para ‘vestir'”, continuou.

No final, Cristina Ferreira rematou que “não adianta fingir ou querer ser outra pessoa” porque “tudo se vê”. “Foi com essa certeza que me assumi como sou, sempre, sem medo de opiniões ou gostos contrários. É na simplicidade que as coisas se tornam grandes. A vida muda, nós mudamos, mas o que vem de dentro, o que nos constrói desde o berço, é para sempre”, concluiu.

Além de ser um dos rostos da formato da manhã da estação de televisão de Queluz de Baixo, a apresentadora tem ainda à sua responsabilidade a versão portuguesa do “talent show” “A Tua a Cara não me é Estranha” e do concurso “Apanha se Puderes”.

TEXTO: Tiago Firmino