Fotografar ou não fotografar? Caitlyn Jenner homenageia o pai com uma nova imagem da sua urna

Caitlyn Jenner partilhou com os seus seguidores do Instagram, como forma de homenagem, uma fotografia dos restos mortais do pai. Há um mês, a “socialite” fê-lo pela primeira vez, afirmando que tinha ido matar saudades do progenitor.

Em abril, a ativista pelos direitos dos transexuais, de 68 anos, escrevia na referida rede social que tinha ido “passar algum tempo com o seu pai, William H. Jenner, em Arlington”, no estado norte-americano do Texas.

Um mês depois de se ter deixado fotografar ao lado dos restos mortais do progenitor, Caitlyn Jenner repete a partilha da experiência no Instagram. “Um verdadeiro herói”, escreve agora a “socialite” na legenda da imagem.

VEJA AS DUAS IMAGENS EM QUESTÃO NA FOTOGALERIA ACIMA.

Caitlyn Jenner iniciou o processo de mudança de sexo há cerca de três anos, um período que coincidiu com a relação que manteve com Kris Jenner, a matriarca do conhecido clã Kardashian.

Na altura, Caitlyn era Bruce Jenner, que se tornou mediático aquando da vitória de uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de verão de Montreal, em 1976.

TEXTO: Dúlio Silva