Madonna está em Lisboa. O motivo envolve o filho e o Benfica

TEXTO: Ana Filipe Silveira

A própria rainha da pop já esteve no Caixa Futebol Campus na companhia de Nuno Gomes, antigo jogador do clube das águias e diretor do centro de estágio.

David Banda está a treinar no centro de estágios do Benfica, no Seixal, desde a passada segunda-feira. A TSF avança que Madonna aproveitou a sua passagem por Portugal para pedir ao clube dos encarnados para deixar o filho, de 11 anos, treinar durante uma semana.

A própria rainha da pop já esteve no Caixa Futebol Campus na companhia de Nuno Gomes, antigo jogador do clube das águias e diretor do centro de estágio. A mesma fonte adianta que David Banda, adotado pela artista no Malawi em 2006, e que tem sido por estes dias o centro das atenções na equipa de sub-12, é extremo esquerdo e destaca-se pela velocidade.

Os treinos do jovem terminam amanhã, sexta-feira.

Entretanto, Madonna tem aproveitado para conhecer a zona da Grande Lisboa. Já visitou o Oceanário, os jardins da Fundação Calouste Gulbenkian e a vila de Sintra.

De acordo com Cláudio Ramos, comentador do programa televisivo “Passadeira Vermelha”, da SIC Caras, a intérprete andará à procura de casa em Lisboa para que David Banda possa treinar em Portugal.

Se a vinda de David para um clube do nosso país se confirmar, não será uma completa surpresa, uma vez que o filho da cantora já havia mostrado o gosto que tem pelo futebol português. Em junho, por altura do campeonato europeu de futebol, David passeou por Londres envergando uma camisola do equipamento oficial da seleção portuguesa, tal como comprovam as fotografias na galeria acima.

Ainda segundo Cláudio Ramos, Madonna terá jantado nesta terça-feira com os gémeos Jonathan e Kevin Sampaio, dois dos modelos portugueses mais reconhecidos internacionalmente. O último, que beijou a cantora de 58 anos no videoclipe do tema “Bitch I’m Madonna”, chegou a ser apontado pela imprensa internacional como possível namorado da artista, considerada por muitos como a rainha do pop.