Quem é a “princesa”, com ligação à realeza, que vai ter dois filhos com a ex-diretora de programas da SIC?

Chama-se Inês Herédia, tem 28 anos e uma ligação à família real portuguesa, que lhe valeu julgamentos na sua prestação no programa “Ídolos”. Afinal, quem é a mulher que conquistou o coração de Gabriela Sobral, ex-diretora de programas do canal que a lançou e com quem espera agora dois filhos?

Foi há seis anos, mas para os fãs do famoso formato de caça-talentos musicais parece que foi ontem. Os caracóis ruivos eram a imagem de marca de Inês Herédia, quando esta surgiu pela primeira vez nos ecrãs da televisão portuguesa. Tinha 22 anos.

Em “Ídolos”, cantou de tudo. Foi de Elton John aos Florence and the Machine. Dos Beatles a Jessie J. O talento para a música era-lhe natural e nem à música portuguesa escapou. Aqui, na terceira gala, cantou “Homem do Leme”, dos Xutos & Pontapés:

A carregar vídeo...

Como é natural na passagem por este género de formatos televisivos, (parte d)a vida de Inês Herédia tornou-se pública. A ligação à família real portuguesa passou a ser do conhecimento de todos, com alguns espectadores a porem em causa se a permanência da jovem no programa se devia ao facto de ser prima em segundo grau de D. Isabel Herédia de Bragança, mulher de D. Duarte Pio.

Mas o talento estava lá e Inês mostrou-se indiferente às críticas. Terminou em sexto lugar na competição da SIC, a par de Margarida Carriço.

VEJA TAMBÉM:
Inês Herédia alega ter sido vítima de assédio sexual:
“Vergonha, culpa, medo, silêncio e solidão”

Os anos passaram e os caracóis deram lugar a um cabelo liso. O ruivo, de cor não natural, mantém-se. Em seis anos, a vida de Inês Herédia mudou. Com a certeza de que quer ser atriz desde que viu Alexandra Lencastre em “Rua Sésamo”, acordou com os pais que só perseguia este sonho depois de ter um “canudo” noutra área. Licenciou-se, por isso, em Gestão de Empresas Turísticas.

Depois do “Ídolos”, e já licenciada, partiu para Londres, em Inglaterra, onde estudou representação. E foi devido à “frieza” do povo londrino que Herédia se lançou a sério na composição de canções.

VEJA TAMBÉM:
Inês Herédia: “Quando amo, entrego-me toda. Dou tudo”

De regresso a Portugal, e com alguns projetos em teatro e cinema no currículo, a jovem tinha como única certeza concretizar o sonho de ser atriz. No ano passado, foi apresentada como uma das apostas da SIC na novela “Paixão”. Terá sido também nessa altura que estreitara laços com Gabriela Sobral, de 52 anos, diretora de programas da estação de Carnaxide.

As duas namoram há mais de um ano. A relação, vivida sempre com total discrição, deu há cinco meses o (natural) passo seguinte: o matrimónio. A ex-responsável pela programação da SIC e a atriz e cantora (Inês lançou no mesmo mês o seu primeiro “single”, “Voltei a Respirar”) casaram-se pelo civil, em Oeiras, numa cerimónia íntima onde só estiveram presentes amigos e familiares próximos de ambas. Rita Ferro Rodrigues terá sido uma das convidadas.

VEJA TAMBÉM:
“Ai que me levas ao altar”. A canção que Inês Herédia
compôs antes de se casar com Gabriela Sobral

TEXTO: Dúlio Silva