Sofia Ribeiro sobre ter perdido o pai para o cancro: “Talvez tenha sido o momento em que fiquei mais revoltada”

Sofia Ribeiro prepara-se para lançar o livro “Confia”, no qual revela detalhes dos momentos mais difíceis da sua vida pessoal. A atriz da TVI abriu o coração e falou sobre a morte do seu pai, Jorge Barros.

Na sua passagem pelo programa “Juntos à Tarde” (TVI), apresentado por Fátima Lopes, onde esteve a promover o livro “Confia”, Sofia Ribeiro conta que esta é uma obra na qual relata momentos como a sua batalha contra o cancro da mama e a morte de uma as pessoas mais importantes da sua vida.

O seu pai, Jorge Barros, morreu em outubro de 2017, vítima de cancro. O progenitor da profissional da estação de televisão de Queluz de Baixo tinha 54 anos. “O meu pai ficou doente pouco tempo depois de eu ficar bem, e esse talvez tenha sido o momento em que fiquei mais revoltada”, recordou a artista, esta segunda-feira, durante a transmissão do programa.

Nos meses que se seguiram, os dois reacenderam a sua relação conseguindo manter uma grande proximidade. “Foram os meses mais difíceis da vida dele e da minha, mas também foram os mais bonitos. Vivemos momentos muito bonitos os dois, de parceria”, disse a artista, em entrevista a Fátima Lopes.

No fim, Sofia Ribeiro garantiu que está feliz por se ter conseguido despedir do pai. “É uma dor muito grande deixar partir as pessoas que nós amamos sem lhes dizermos tudo, graças a Deus, isso não aconteceu comigo”, rematou.

Como uma última homenagem a Jorge Barros, a atriz vai disponibilizar o livro “Confia” no dia 20 de junho, data em que o seu pai celebraria o 50.º aniversário.

Percorra a galeria de imagens e fique a conhecer melhor a estrela de ficção da TVI.

TEXTO: Tiago Firmino