Tailândia. Judite Sousa dormiu no chão das ruas de Chiang Rai. Eis a explicação dada pela jornalista

Não foi fácil a estada de Judite Sousa na Tailândia. Durante os dias em que esteve naquele país do sudeste asiático, para fazer a cobertura do resgate das 13 pessoas presas numa gruta, a jornalista da TVI teve de dormir no chão.

O testemunho foi partilhado pela própria profissional da estação de Queluz de Baixo no seu blogue pessoal. Judite publicou uma fotografia na qual é possível vê-la a dormir numa das ruas de Chiang Rai, onde se desenrolou parte da ação, e explicou o motivo.

“Com a diferença horária de seis horas, na Ásia só dá para dormir duas ou três horas por dia. No intervalo das reportagens e dos diretos, aproveitamos para descansar o que for possível. Se for no chão, que seja”, confessou a comunicadora, antes de acrescentar que “o importante é não falhar” no exercício suas funções.

Recorde-se que a apresentadora do “Jornal das 8” da TVI acompanhou de perto o resgate das 12 crianças e do treinador que durante cerca de duas semanas estiveram presos no complexo de grutas de Tham Luang, no norte da Tailândia, junto à fronteira com Laos e Myanmar, depois de ficarem encurralados pela água resultante da chuva.

Veja a fotografia no interior da galeria que preparámos para si.

TEXTO: Duarte Lago